terça-feira, 31 de agosto de 2021

A Rede Sirius comemora 60 anos

Neste ano de 2021, a Rede Sirius – Rede de Bibliotecas Uerj completa 60 anos de existência. Foi uma longa caminhada para chegarmos à estrutura que temos hoje, de um sistema de bibliotecas organizado em rede, inclusivo e socialmente referenciado.

A criação das bibliotecas acompanha, tanto no âmbito organizacional quanto no acadêmico, o desenvolvimento histórico da instituição. A Universidade tem sua origem em 1950, a partir da junção de quatro faculdades isoladas, e nesse contexto se constituíram as primeiras bibliotecas: a partir dos acervos das faculdades de Direito, de Filosofia, Ciências e Letras do Instituto La-Fayette, de Ciências Econômicas do Estado do Rio de Janeiro, e de Ciências Médicas.

Alguns anos depois, em 1961, foi regulamentado o funcionamento da Biblioteca Central e das chamadas Secções Especializadas (atualmente Bibliotecas setoriais) que funcionavam nas unidades universitárias. E nos dois anos seguintes foram inauguradas, respectivamente, as Bibliotecas de Engenharia (1962) e de Direito (1963).

A partir de 1976 a Biblioteca Central estabelece uma coordenação efetiva, adotando então uma estrutura sistêmica. Tal estrutura foi oficialmente institucionalizada apenas em 1989, com a promulgação do Regimento do Sistema de Bibliotecas (SB). Assim, a então Biblioteca Central tornou-se Sistema de Bibliotecas da Uerj (SB/UERJ). Em 1994 houve uma reestruturação e o Sistema de Bibliotecas (SB/UERJ) ganhou nova sigla: SISBI.

Em 1997, o SISBI foi avaliado com o objetivo de promover uma nova reestruturação, o que resultou na proposta de criação de uma estrutura em rede, tal como hoje estamos estruturados. Assim, em 1998, nasce a Rede Sirius – Rede de Bibliotecas UERJ, caracterizada pela descentralização organizacional, o que a tornou mais dinâmica e aberta às inovações e à criatividade.

Atualmente, estamos organizados em Direção, 4 núcleos técnicos e 25 bibliotecas setoriais, presentes nos diversos campi da Universidade, por todo o Estado do Rio de Janeiro.

Temos muitos motivos para comemorar: nesses 60 anos, buscamos sempre a excelência na prestação de serviços aos usuários e atuamos de forma a contribuir para as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Foram seis décadas de inovação, construção e manutenção de uma rede de bibliotecas moderna, atuante, e fortemente comprometida com a comunidade acadêmica.

As celebrações desse aniversário iniciaram com a criação de uma marca comemorativa dos 60 anos da Rede, identidade visual que estará presente em todas as nossas comunicações a partir de agora.

Além disso, outras três produções foram realizadas para comemorar nossos 60 anos:

1) O Vídeo Comemorativo;

2) A Galeria de Fotos da Rede Sirius;

3) O livro Rede Sirius 60 anos - Trajetória das Bibliotecas da UERJ.

Convidamos todos a estar conosco nessa celebração e participar de mais um capítulo da história da Rede Sirius.

Enviado por Rede Sirius.

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Plataforma da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD/UERJ) é atualizada.


A Rede Sirius – Rede de Bibliotecas UERJ colocou em funcionamento a plataforma atualizada da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD/UERJ), com uma interface de pesquisa mais ágil e dinâmica e novos recursos facilitam a recuperação da informação de mais de 11 mil trabalhos acadêmicos.

Acesse www.bdtd.uerj.br

Enviado por Mauro Corrêa Filho.

segunda-feira, 21 de junho de 2021

Treinamento do SEI UERJ para equipes da Rede Sirius

Na última quarta-feira (16 de junho) foi realizado, no Centro de Capacitação da Rede Sirius, um treinamento presencial no sistema SEI destinado à direção e coordenadores de Núcleos da Rede. Em duas horas de apresentação, a chefe do SERACS/COGEPRO (Coordenadoria de Gestão de Processos Administrativos), Sandra Marchiori, exemplificou boas práticas de uso do sistema e demonstrou os principais recursos do SEI.

Na abertura do treinamento a Diretora da Rede Sirius, Leila Andrade, ressaltou a necessidade de que todos os servidores conheçam melhor as funcionalidades do SEI e chamou a atenção para a importância de se manter a formalidade e polidez nas comunicações realizadas pelo sistema.





E nesta quinta-feira, dia 24 de junho, será realizado um treinamento virtual para as chefias das Bibliotecas da Rede.

Enviado por Mauro Corrêa Filho

quinta-feira, 10 de junho de 2021

Atividades remotas da Rede Sirius são modernizadas

As atividades acadêmicas e administrativas presenciais não essenciais continuam suspensas na UERJ, em função das medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Por conta disso, a Rede Sirius tem trabalhado no sentido de realizar importantes tarefas das bibliotecas de forma remota. Entre estas tarefas, destacamos a emissão do Nada Consta e o Cadastramento de Usuários.

Hoje é possível requerer o Nada Consta virtualmente. Este documento é emitido pelas Bibliotecas declarando que o usuário não possui débitos na Rede Sirius. A sua exigência auxilia na recuperação de livros e demais materiais que ainda se encontram de posse dos usuários mesmo depois de findo o prazo de devolução, além de ser requisito obrigatório para o deferimento de processos de conclusão, transferência ou trancamento de curso.

O Cadastro Online de usuários é realizado também através de um formulário via web. O Cadastro Online  viabiliza o acesso do usuário aos recursos eletrônicos do Catálogo Online da Rede Sirius, que conta com uma ampla coleção de livros eletrônicos em diversas áreas do conhecimento.

Após o preenchimento e envio do formulário, o cadastro online será efetivado em até 72 horas e confirmado através do e-mail informado pelo usuário.

Quando for possível o retorno presencial das atividades, os cadastros deverão ser validados nas bibliotecas. No momento, todos(as) os(as) usuários(as) cadastrados(as) nas bibliotecas entre 2019.1 e 2020.1 ou que tenham feito renovação nos semestres citados, terão os cadastros renovados automaticamente.

Link para o Cadastro Online

Link para o Nada Consta Online

Enviado por Marcos Vasconcelos.

quinta-feira, 6 de maio de 2021

A Rede Sirius completa 60 anos em 2021

Neste ano de 2021, a Rede Sirius – Rede de Bibliotecas Uerj completa 60 anos de existência. Foi uma longa caminhada para chegarmos à estrutura que temos hoje, de um sistema de bibliotecas organizado em rede, inclusivo e socialmente referenciado.

A criação das bibliotecas acompanha, tanto no âmbito organizacional quanto no acadêmico, o desenvolvimento histórico da instituição. A Universidade tem sua origem em 1950, a partir da junção de quatro faculdades isoladas, e nesse contexto se constituíram as primeiras bibliotecas: a partir dos acervos das faculdades de Direito, de Filosofia, Ciências e Letras do Instituto La-Fayette, de Ciências Econômicas do Estado do Rio de Janeiro, e de Ciências Médicas.

Alguns anos depois, em 1961, foi regulamentado o funcionamento da Biblioteca Central e das chamadas Secções Especializadas (atualmente Bibliotecas setoriais) que funcionavam nas unidades universitárias. E nos dois anos seguintes foram inauguradas, respectivamente, as Bibliotecas de Engenharia (1962) e de Direito (1963).

A partir de 1976 a Biblioteca Central estabelece uma coordenação efetiva, adotando então uma estrutura sistêmica. Tal estrutura foi oficialmente institucionalizada apenas em 1989, com a promulgação do Regimento do Sistema de Bibliotecas (SB). Assim, a então Biblioteca Central tornou-se Sistema de Bibliotecas da Uerj (SB/UERJ). Em 1994 houve uma reestruturação e o Sistema de Bibliotecas (SB/UERJ) ganhou nova sigla: SISBI.

Em 1997, o SISBI foi avaliado com o objetivo de promover uma nova reestruturação, o que resultou na proposta de criação de uma estrutura em rede, tal como hoje estamos estruturados. Assim, em 1998, nasce a Rede Sirius – Rede de Bibliotecas UERJ, caracterizada pela descentralização organizacional, o que a tornou mais dinâmica e aberta às inovações e à criatividade.

Atualmente, estamos organizados em Direção, 4 núcleos técnicos e 25 bibliotecas setoriais, presentes nos diversos campi da Universidade, por todo o Estado do Rio de Janeiro.

Temos muitos motivos para comemorar: nesses 60 anos, buscamos sempre a excelência na prestação de serviços aos usuários e atuamos de forma a contribuir para as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Foram seis décadas de inovação, construção e manutenção de uma rede de bibliotecas moderna, atuante, e fortemente comprometida com a comunidade acadêmica.

Para iniciar as celebrações desse aniversário, estamos lançando a marca comemorativa dos 60 anos da Rede Sirius – Rede de Bibliotecas Uerj, identidade visual que estará presente em todas as nossas comunicações a partir de agora.

Ao longo de 2021 desenvolveremos outras ações comemorativas, incluindo o lançamento de uma publicação digital que contará a história das Bibliotecas da Uerj.

Convidamos todos a estar conosco nessa celebração e participar de mais um capítulo da história da Rede Sirius.

Enviado por Marcos Vasconcelos.

terça-feira, 27 de abril de 2021

Legislação UERJ: Atos normativos da Universidade agora disponíveis para consulta pelo catálogo online

Visando modernizar a forma de acesso aos atos normativos da Universidade, e assim garantir uma melhor experiência de busca e consulta aos documentos, os atos normativos da UERJ estão agora disponíveis no Catálogo Online da Rede Sirius.

A nova forma de acesso aos atos normativos traz recursos que permitem, por exemplo, a realização de busca avançada, como a combinação de campos para alcançar um resultado mais preciso, e também que situação do documento seja informada na hora da inclusão do registro – em vigor, revogado, sem eficácia, sem revogação explícita. Além disso, as relações entre os atos podem ser informadas em campos específicos. Essas funcionalidades irão permitir uma melhor experiência de busca e consulta, e não eram possíveis no Boletim UERJ Eletrônico, plataforma criada em 2002 para disponibilizar os documentos de forma virtual, que a partir de agora será descontinuada.

Originalmente publicado de forma impressa, o Boletim UERJ foi criado em 1956 com a finalidade de divulgar os atos normativos da Reitoria, Conselho Universitário, Conselho de Curadores, Faculdades, Institutos e demais unidades da administração central, e tornou-se uma ferramenta de divulgação dos atos normativos da Universidade.

 

Orientações gerais para acesso e pesquisa dos atos normativos no Módulo Legislação

Como acessar:

A partir do site da Rede Sirius (www.rsirius.uerj.br), clicar em Catálogo online na caixa de busca. Você será direcionado para o catálogo online, e então selecione a aba Legislação.

A partir do site da UERJ (www.uerj.br), clicar no ícone Legislação Interna.

 

Como fazer a busca dos atos normativos:

Você pode fazer uma busca simples pelo número do ato normativo colocando os quatro dígitos, pelo ano de publicação, pelo tipo de documento, por qualquer palavra do documento ou clicar em busca avançada para habilitar mais campos de busca.

Na busca avançada você poderá buscar também pela ementa ou assunto do ato normativo. Preencha os campos conforme sua necessidade e clique em buscar. Os resultados da busca serão exibidos logo abaixo dos campos de pesquisa. Para visualizar mais informações do documento, clique em detalhes.

Para descarregar o arquivo PDF do ato normativo, clique em Conteúdo Digital.

Clique aqui para acessar o Legislação no catálogo online.

Acesse o vídeo explicativo para conhecer as funcionalidades do acesso à legislação no catálogo online

Enviado por Mauro Corrêa Filho

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Treinamento do banco de dados Gale Academic Onefile para a comunidade UERJ

GALE ACADEMIC ONEFILE - TREINAMENTO ONLINE

Quinta-feira, 15 de abril - às 15 horas

Endereço da sala Zoom: https://cengage.zoom.us/j/99995462048


Objetivos do treinamento:

Ao final da sessão, os participantes poderão:

1. Identificar os tipos de conteúdo disponíveis no banco de dados do Gale Academic OneFile disponibilizado para a biblioteca.

2. Reconhecer diferentes rotas de busca para recuperar informações relevantes.

3. Tirar proveito das ferramentas de gestão de conteúdo dentro da plataforma.


Enviado por Mauro Corrêa Filho